Archive for the ‘Gêneros’ Category

h1

CineRua 12/02/2015 – “Cabra Marcado para Morrer” documentário de Eduardo Coutinho

13 de fevereiro de 2015

Ontem na exibição quinzenal do CineClube Itinerante Cidadãos Artistas. A 9ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul – DEMOCRATIZANDO – distribuída pelo MINC e pela Secretaria de Direitos Humanos Brasil.

DSC07601

Mais uma noite gratificante fazendo cultura em espaço público. Para nós um belo ambiente de aprendizados. Nada como promover uma escola de rua através do cinema para encher de ânimo as nossas vidas sonhadoras.
O filme “Cabra Marcado para Morrer” documentário de Eduardo Coutinho (que dispensa apresentações). No YouTube é possível assisti-lo na íntegra; https://www.youtube.com/watch?v=JE3T_R-eQhM

Em 1962, o líder da liga Camponesa de Sapé (PB), João Pedro Teixeira, é assassinado por ordem de latifundiários. Um filme sobre sua vida começa a ser rodado em 1964, com a reconstituição ficcional da ação política que levou ao assassinato, e com a produção do CPC da UNE e do Movimento de Cultura Popular de Pernambuco, e direção de Eduardo Coutinho. As filmagens com a participação de camponeses do Engenho Galiléia (PE) e da viúva de João Pedro, Elizabeth Teixeira, são interrompidas pelo Golpe Militar em 1964. Dezessete anos depois, em 1981, Eduardo Coutinho retoma o projeto e procura Elizabeth Teixeira e outros participantes do filme interrompido, como o camponês João Virgílio, também atuante em ligas. O tema central passa a ser a história de cada um deles que, estimulados pela filmagem e revendo as imagens do passado, elaboram para a câmera os sentidos de suas experiências. João Virgílio conta a tortura e a prisão que sofreu neste período. Enquanto Elizabeth, que havia mudado de nome e vivia refugiada numa pequena cidade da Bahia com apenas um de seus dez filhos, emerge da clandestinidade e reassume sua identidade. Ela também fala de sua prisão e do rencontro com os filhos, antes dispersos por várias cidades do Brasil, e da tentativa de reconstituir suas vidas.

Algumas fotos do CineRUA no terminal Rodoviário de Ribeirão Pires (SP)
https://www.facebook.com/fabi.menassi/media_set?set=a.919370308094611.1073741854.100000649518403&type=1

E viva a RUA! Viva o público!

Com Carlos Rogerio Amorim e Fabi Menassi
CineClube Itinerante Cidadãos Artistas

h1

DIA – Dia Internacional da Animação 2013 – Cineclube Cidadãos Artistas

5 de julho de 2014

E em 2013, final de outubro, como de praxe o Cineclube Cidadãos Artistas realizou pelo sexto ano consecutivo a exibição das produções escolhidas para o DIA – Dia Internacional da Animação.

E dia 31/10/13 encerramos nossa agenda:
Vejam como foram algumas exibições das fantásticas animações através dos links no facebook das fotos da nossa semana:
Perto da linha ferroviária da estação Ribeirão Pires (ABC Paulista)
Na biblioteca da EE Profa. Maria Antonietta de Castro
h1

CINECLUBE CIDADÃOS ARTISTAS CONVIDA:

23 de outubro de 2011

O Cineclube Cidadãos Artistas pela 4ª vez consecutiva participará da mostra cinematográfica DIA – Dia Internacional da Animação.

O roteiro da animação deste ano estendeu-se e na última semana de outubro de 2011 contemplará 4 cidades: Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Paulo e Suzano!

Confira toda a programação deste ano baixando o nosso encarte da divulgação: http://www.4shared.com/folder/8K1bhlsW/_online.html

Esperamos sua presença!

Abraços animados!

Fabi Menassi e Carlos Rogerio

Cineclube Cidadãos Artistas

h1

Aquarela do Brasil – Desenho Walt Disney

22 de maio de 2011
Feito inteiramente à mão, sem computadores ou recursos mágicos do cinema atual, Walt Disney fez este desenho nos anos 50 – época do final da Segunda Guerra Mundial –  para atender a uma solicitação do governo americano que desejava uma política de aproximação com o Brasil; para evitar que o nosso país se tornasse comunista.
h1

28 de outubro – Dia Internacional da Animação

24 de outubro de 2010

O DIA – Dia Internacional da Animação – é celebrado todos os anos sempre no dia 28 de outubro, data em que se comemora a primeira exibição pública de imagens animadas. Mais de 400 cidades do Brasil, organizadas pela Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA) e 30 países, como França, Estados Unidos, África do Sul, China e Austrália, que fazem intercâmbio de suas mostras participam da comemoração. É o maior evento simultâneo do gênero do mundo, que tem como principal objetivo difundir o cinema de animação, atraindo novos públicos e proporcionando aos espectadores o acesso a essa arte cinematográfica.

E em Ribeirão Pires, pelo terceiro ano consecutivo, o evento será realizado pelo Cineclube Cidadãos Artistas (em parceria com o FundAÇÃO KAH-HUM-KAH, Ponto de Cultura Cidadãos Artistas,  Projeto Oficinativa e Quintal Orgânico) que preparou uma programação especial: exibição de curtas-metragens nacionais e internacionais de desenhos animados.

O Cineclube CIDADÃOS ARTISTAS de Ribeirão Pires tem como agenda para o DIA 2010 os seguintes momentos:


  • dia 28 – apresentação da mostra infantil na unidade da Fundação Casa (bairro Bélem em São Paulo), das 14 às 16 horas;
  • dia 28 – mostras nacional e internacional no Centro Cultural Ayrton Senna (Avenida Brasil, 193, Jardim Itacolomy, 11 4828 9625), Sala Ypê, em Ribeirão Pires, às 19h30;


    DIA em Ribeirão Pires, 28/10/10


    • dia 29 – mostras nacional e internacional no Teatro Manacá, em Rio Grande da Serra (Rua José Maria Figueiredo, 491, centro, 11 4821 9142), às 19h30;


       

      DIA em Rio Grande da Serra, 29/10/10


      • dia 30 – mostra infantil em Ponto de Cultura das Federações de Amigos de Bairro, em Ribeirão Pires (a definir)


        Todas as atividades são gratuitas.

        Mais informações:

        www.abca.org.br

        cidadãosartistas@gmail.com

        projetooficinativa@hotmail.com

        fabi_menassi@yahoo.com.br

        h1

        Mostra ambiental em Paranapiacaba – Quintal Orgânico e Cineclube Cidadãos Artistas

        29 de julho de 2010

        Olá amigos cinéfilos!

        No sábado 31 de julho, a partir das 19 horas, dentro da Mostra Científica e Cultural do Centro de Estudos e Formação Sócioambiental de Paranapiacaba (organizada pelos alunos da Fundação Santo André), o coletivo QUINTAL ORGÂNICO realiza pela primeira vez a Organicine, exibição de audiovisuais com temáticas relacionadas ao Meio Ambiente, Educação e Cultura, seus focos de ação.

        O apoio é do Cineclube Cidadãos Artistas. Entre as produções escolhidas para a ocasião estão “Tudo se transforma, nada se constrói”, “Relatos MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens)”, “Negro Carvão”, e outras, além de uma reportagem especial sobre o espaço do QUINTAL e seus projetos feita pela RIT TV em abril.

        A entrada é gratuita e o endereço da atividade é Casa Amarela, Rua Direita, 371, Paranapiacaba, Santo André (SP).

        Quintal Orgânico

        http://www.quintalorganico.blogspot.com

        h1

        Exibição do Cineclube Cidadãos Artistas: Samba Lenço e Verequete na Casa da Lagartixa Preta, Santo André – SP

        22 de novembro de 2009

        Homenageando e relembrando a consciência negra no mês de novembro de 2009 o Cineclube Cidadãos Artistas irá realizar dia 27, a partir das 21h30 a “Sexta Cineclubista” na Casa da Lagartixa Preta Malagueña Salerosa, em Santo André com exibição dos documentários:

        SAMBA LENÇO – A MEMÓRIA ESTÁ NO CORPO

        (São Paulo, 2009, vídeo, 20’, cor, exibição em DVD)

        Direção: Ana Paula Quintino
         

        Sinopse:

        Diogo é integrante de uma família que preserva a memória da cultura africana por meio do toque, canto e dança do samba de lenço. O Samba Lenço é conhecido por seu samba tradicional e rural. Desde a década de 1970, a formação é passada de geração para geração. Hoje, conta com sambistas de todas as idades.

        Uma apresentação do grupo Samba Lenço, de Mauá realizado realizado em 15/03/2009 no antigo Mercado da Vila de Paranapiacaba mostrada no documentário teve apoio técnico dos fundadores do Cineclube Cidadãos Artistas de Ribeirão Pires, Carlos Rogerio Amorim e Fabiana Menassi.

         

        CHAMA VEREQUETE

        A Obra faz parte do Projeto Cultura Pará 2006 “Verequete: o rei dos tambores” que inclui além do DVD, o CD com o título “Verequete é o rei” , e o livro “Verequete: o som dos tambores”.
        Creditos: Roteiro e direção de Luiz Arnaldo Campos e Rogério Pereira; fotografia Marcelo Brasil; som direto Nicholas Hallet; montagem Paulo Leite; direção de arte Armando Queiroz; figurino Ronaldo Fayal; produção executiva Márcia Macedo.
        Resumo: Chama Verequete é um documentário poético sobre o Vodun da música paraense, Mestre Verequete, que foi buscar seu nome artistíco no fundo dos terreiros do Tambor de Mina, um dos locais onde se materializa o sincretismo afro-caboclo-indígena, matriz da cultura amazônica. Chama Verequete é um filme conduzido pelas histórias e canções do Mestre, intercalado por intervenções ficcionais que documentam a luta do carimbó contra o preconceito e a discriminação, até a sua vitória final, com o reconhecimento público de sua condição de ritmo raiz do Pará. Chama Verequete é fruto do Prêmio Estímulo concedido pela Prefeitura Municipal de Belém em 1999. Foi finalizado no ano de 2000 e desde então corre pelas telas brasileiras anunciando a força dos tambores amazônicos.
        Prêmio de Melhor Música no Festival de Gramado, Melhor Fotografia no Festival de Documentários de Santa Catarina, Melhor Fotografia de Curta Paraense no I Festival de Belém do Cinema Brasileiro, Melhor Curta Paraense no I Festival de Belém do Cinema Brasileiro e Menção Honrosa no Festival de Cinema de Curitiba.

        SEXTA CINECLUBISTA  dia 27 de novembro de 2009 às 21h30

        Casa da Lagartixa Preta Malagueña Salerosa

        Rua Alcides de Queiroz, 161 – Bairro Casa Branca

        Atividade Gratuita

        Esperamos você lá!